| Pg. 1

ISBN: Prefixo: 85-919431 - (Faixa Editorial 6)

M. M Soriano

Escritor           

greguerias - poesia - contos - microcontos

 



Mini Bio

Marcelo Soriano é um escritor com ênfase em Literatura Brasileira, Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e praticante desmedido de Greguerias - gênero literáriro inventado pelo espanhol Ramón Gómez de La Serna. Soriano é considerado um poeta gaúcho-brasileiro, contista, microcontista (webliteratura) e aforista. Colaborador eventual e voluntário de revistas, mostras, coletâneas, blogues e demais manifestações da arte escrita.

Mande um recado para o Soriano via e-mail:               contato@marcelosoriano.com

CONCEITOS LITERÁRIOS


Opiniões e pareceres sobre o 'escrevivente' M. M. Soriano:

Na palavra de Calane

Fevereiro 09, 2011


"Pelo coração-teclado do brasileiro Marcelo Soriano o lexema criança se moçambicaniza em “mufana” e do mesmo modo pela alma-digital da moçambicana Isabel Gil a palavra miúdo se abrasileiriza em “moleque”.

Afinal, que palavras e meninos habitam em nós? De qualidade manifesta e forte mensagem para a inclusão social das crianças desprotegidas e abandonadas, auguro o melhor sucesso para esta obra. Kanimambo, Isabel e Marcelo!



Calane da Silva, Escritor moçambicano. Sobre o Livro Cantopoemas. Maputo, 2011.

Na palavra de Dilan

Março 15, 2016


"O poeta M. M. Soriano com os seus poemas em “Poemática do silêncio em volume máximo” (referindo-se ao livro A Sete Chaves - autores santamarienses) comprova que sabe quem é o poeta e o que é a poesia. A sofisticação medida do título anuncia um poeta habituado a novas linguagens, desde às experimentais, como grafismos de página, aos haicais, ao coloquialismo sem versos falsos, à síntese e à agilidade verbal."




Dilan Camargo,  Poeta, Escritor gaúcho. Sobre o Livro A Sete Chaves. Porto Alegre, 2015.

Na palavra do Zanatta

Abril 21, 2017


A trajetória, persistente e exitosa, de M.M. Soriano no vasto, surpreendente e provocativo mundo das Letras oferece elementos suficientes para se acreditar na sua ousada proposta poético-artística de embretar-se por este audacioso e criativo In-Ventos - Tratado de Alta Poesia. É de supor-se que um engenheiro de formação e profissão que se envereda pelas Letras, terá presente o ideal do escritor defendido por Antonio Cisneros: “dizer o que quer dizer e não, simplesmente, o que consegue dizer”.


Humberto Gabbi Zanatta,  Poeta, Escritor gaúcho. Sobre o Livro In Ventos: Tratado de Alta Poesia. Santa Maria (RS), 2017.

Não distribuído no Brasil

Somente na África de Língua Portuguesa

  Formato html

Preço promocional de R$ 10,00

  Formato html

Preço promocional de R$ 15,00

  Formato PDF (1.6 MB)

  Direitos de Uso:

Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0)

SiteLock
contador de visitas para site

This website uses cookies. By continuing to use this site, you accept our use of cookies.

Accept